Restituição Imposto de Renda 2018 – Consultar, Restituição, Duvidas

Sem dúvida, a declaração do Imposto de Renda sempre provoca muitas dúvidas e tensão, já que muitas pessoas ainda não sabem como funcionam, exatamente, os procedimentos e como não cair nas garras do IRPF.
imposto-de-renda-restituicao
A cada ano muitas pessoas realizam uma declaração anual, comprovando seus rendimentos, chamada de DIRPF, apresentar essa declaração é obrigatório para quem superar o rendimento do valor mínimo, definido pelo governo.
No entanto, quem fez a declaração com o valor acima do calculado tem direito de receber ao Imposto de Renda Restituição 2018, que é depositado direto na sua conta, em determinados lotes.

Quem precisa declarar – Imposto de Renda Restituição 2018

consulta-restituicao-imposto-de-renda
Primeiramente, é preciso saber quem deve declarar o Imposto de Renda. A Receita Federal criou algumas regras para que o contribuinte saiba como proceder. Veja quais são:
– Quem recebeu, no ano anterior, rendimentos tributáveis que somaram mais de R$ 28.559,70. Rendimentos relacionados a trabalho, aluguéis, pensões e benefícios se encaixam nessa categoria;
– Quem possuía, no ano passado, imóveis, veículos e outros bens acima do valor de R$ 300 mil;
– Obteve ganho de capital na venda de imóveis, veículos e outros bens sujeitos ao IR;
– Quem teve receita bruta de atividade rural superior a R$ 142.798,50;
– Aquele que optou pela isenção do IR sobre ganho de capital obtido na venda de imóvel residencial ao usar o dinheiro integralmente na compra de outro imóvel no Brasil, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda;
– Quem recebeu acima de R$ 40 mil em rendimentos isentos (como juros de poupança ou FGTS), não tributáveis (como indenizações em Plano de Desligamento Voluntário e outros tipos) ou tributados na fonte;
– Quem fez operações em bolsas de valores, de mercadorias e de títulos futuros, ou obteve ganho de capital com esses investimentos em 2017.

A declaração – Imposto de Renda Restituição 2018

É possível preencher as informações para realizar a declaração diretamente pelo site da Receita Federal. O preenchimento deve ser feito com base nos dados informados nos comprovantes.
Para isso, é importante ter alguns dados importantes em mãos, como o número da agência e da conta em que a restituição de imposto de renda 2018 deverá ser depositada.
Quem tiver dependentes precisa ter alguns dados deles, tais como;

  • Nome completo;
  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Atividade profissional.

A declaração IRPF 2018 pode ser feita por você mesmo ou, caso preferir, pode contratar os serviços de um contador, lembrando, claro, que terá que pagar.
Mas, é possível fazer sozinho, nesse caso, basta baixar o programa da Receita Federal no computador, e você será orientado pelo próprio sistema na hora do preenchimento.

 Como funciona – Imposto de Renda Restituição 2018

duvidas-restituicao-imposto-de-renda
Muitos contribuintes com imposto de renda descontado na fonte podem ter direito a receber a restituição. Alguns custos e circunstâncias, como gastos médicos, educacionais, existência de dependentes, doações e pensões alimentícias estão entre os principais tipos de restituição do imposto de renda disponíveis.
É informado o valor da restituição no programa de declaração do Imposto de Renda.
Também tem direito à restituição aquele trabalhador assalariado que possui o desconto direto na fonte, mas não recebe uma remuneração suficiente para cumprir o mínimo para pagar imposto de renda, através do processo de declaração que comprove que sua remuneração não é suficiente para que ele seja taxado.

Restituição Pagamento – Imposto de Renda Restituição 2018

O pagamento da restituição Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) é efetuado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) exclusivamente mediante crédito em conta-corrente bancária ou poupança de titularidade do beneficiário, informada na Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF).
Importante: Nunca informe conta salário ou conta cujo titular seja outra pessoa.
Vale ficar atento, pois o valor da restituição é atualizado pela taxa SELIC, acumulada a partir do mês de maio do ano de exercício da declaração até o mês anterior ao pagamento, mais 1% no mês do depósito. Uma vez encaminhado ao banco, o valor da restituição não sofrerá atualizações, independentemente da data em que o contribuinte receba.

 Consulta Restituição – Imposto de Renda 2018

consulta-restituicao-imposto-de-renda-e1511787444383
Para saber o valor e a data que você irá receber é preciso realizar a consulta do imposto de renda 2018, que serve para saber o valor e em qual lote a sua restituição do imposto de renda 2018 será paga.
Tal quantia é paga pela Receita Federal a partir de junho e até o final do mês de dezembro.
Realizar a consulta do imposto de renda 2018 é muito simples, basta seguir esses passos:
– Acesse o seguinte site
http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp
– Informe seu CPF;
– Selecione o ano;
– Complete com sua data de nascimento;
– Digite o captcha (código de segurança);
– Clique em “Consultar”;
– Quem deve declarar imposto de renda 2018.
Pronto, você viu que não é difícil realizar a declaração de imposto de renda, e já sabe mais sobre a restituição, agora é ficar atento ao prazo e deduzir todos os valores corretamente, lembrando que, o quanto antes fizer a sua declaração, melhor será para você.

Este está em alta, confira!